5 dicas para avaliar um banco offshore

Ao avaliar um banco offshore, certifique-se de observar os serviços oferecidos, os recursos bancários on-line, a comunicação e as credenciais da equipe, os requisitos de reserva e a localização do banco.
Banco internacional offshoreOs serviços bancários offshore trazem consigo uma série de vantagens inegáveis. Como resultado, um número cada vez maior de pessoas está recorrendo a bancos offshore para manter, conservar, aumentar e proteger seu patrimônio. No entanto, pode ser fácil você se sentir sobrecarregado com a enorme variedade de bancos offshore para escolher.
Essas cinco dicas podem ajudar você a avaliar os bancos offshore e tomar uma decisão sobre o melhor que atenda às suas necessidades financeiras.

1. Confirme a disponibilidade do serviço bancário on-line

Uma das primeiras coisas que você deve avaliar ao escolher um novo banco offshore é se o banco oferece serviços bancários on-line. No mundo moderno de hoje, esse é um elemento obrigatório para as questões financeiras.

Para que você possa realizar transações com o toque de um botão, verificar os saldos das contas em qualquer fuso horário ou pagar contas instantaneamente, o banco on-line é fundamental. Se isso não estiver disponível, é possível que o banco não esteja operando como uma instituição com experiência em tecnologia.

2. Considere a localização do banco

Embora um banco possa ser offshore, ele ainda estará localizado em uma jurisdição ou país específico. Cada jurisdição tem seus próprios regulamentos com relação a tributação, declaração de renda, proteção e apreensões legais.

Vale muito a pena prestar atenção a essas leis locais para saber se os bancos serão favoráveis aos clientes. Belize, por exemplo, é uma das principais opções para muitos investidores porque o país como um todo tem alíquotas de impostos que são inexistentes ou incrivelmente favoráveis para investidores estrangeiros.

3. Questionar a equipe e a comunicação

Não há problema algum em fazer perguntas sérias aos funcionários do banco sobre como eles se comunicam com os clientes. Para começar, certifique-se de que a maioria ou todos os funcionários que trabalham em nome do banco possam se comunicar com você no idioma de sua preferência. Além disso, descubra que tipo de credenciais os especialistas financeiros do banco possuem.

Por fim, pergunte como a equipe se comunica, se é por e-mail, fax, telefone ou pessoalmente, e determine se as opções são compatíveis com as suas necessidades.

4. Pergunte sobre os requisitos de reserva

Os requisitos de reserva são a quantidade de ativos líquidos que o banco mantém em mãos para garantir a segurança do investimento para os indivíduos que possuem contas.

Em alguns casos, os requisitos de reserva são definidos pelas leis nacionais, mas muitos bancos excedem esses mínimos, o que os torna mais atraentes para os investidores. Quando a segurança financeira é uma preocupação, perguntar sobre os requisitos de reserva é uma maneira inteligente de garantir que o banco leve a sério a tranquilidade de seus clientes.

5. Explore a gama completa de serviços oferecidos

A etapa final da avaliação de um banco offshore é examinar os tipos de serviços que ele oferece. Para pessoas físicas, as principais prioridades podem ser contas correntes, contas de poupança ou fundos fiduciários.

Entretanto, cartões de débito pré-pagos, contas em moeda estrangeira e financiamento pessoal são outras opções que podem ser desejáveis. As corporações e pequenas empresas também podem procurar bancos offshore que ofereçam empréstimos corporativos adequados, linhas de crédito comerciais ou contas bancárias corporativas em vários tipos de moeda.

Com essas dicas, será mais fácil para você avaliar os bancos offshore. Depois de muita pesquisa, você pode concluir que o Caye International Bank em Belize é rotineiramente escolhido como o principal banco offshore para pessoas físicas e jurídicas.

Share:

Facebook
Twitter
LinkedIn

More Posts

Send Us A Message